sábado, 30 de julho de 2011

Mario Quintana

O Idiota Desta Aldeia

Rechinam meus sapatos rua em fora
Tão leve estou que já nem sombra tenho
E há tantos anos de tão longe venho
Que nem me lembro de mais nada agora
Tinha um surrão todo de penas cheio
Um peso enorme para carregar
Porém as penas, quando o vento veio
Penas que eram, esvoaçaram no ar
Todo de Deus me iluminei então
Que os doutores sutis se escandalizem:
"Como é possível sem doutrinação?"
Mas entendem-me o céu e as criancinhas
E ao ver-me assim de um poste as andorinhas
"Olha, é o Idiota desta aldeia!" dizem.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Férias prá que te quero?





É tempo de "convenção" da família... de dormir na casa da dinda...de passar a tarde na pracinha...de desenhar, desenhar e desenhar, de sopão no fogão à lenha, casa da vó, chá de maçã (e mais umas coisinhas), pastel, churrasco, compras em Rio Branco ,sempre driblando o frio e a chuva. E aproveitar bem pois tudo de novo... só no ano que vem.

"Na Natureza Selvagem"




domingo, 24 de julho de 2011

Renascimento

Renascimento
Quem resolve sair em busca de sua lenda pessoal é bem verdade que se machuca, por vezes, cai,desanima...
Mas há dias em que tudo que passou valeu a pena. É como ver o sol nascer depois de uma noite de pesadelo. Com o sol, nossas forças se renovam, nossa vontade cresce e nossa energia se renova. Aí então é aconselhável olhar para trás e recordar sem medo, nem saudade aquela noite escura que nos amedrontou e nos encolhemos de medo das aves noturnas. E novamente olhar o sol e sentir sua luz...
Recordar o frio que passamos e a solidão que sentimos. E novamente olhar o sol e sentir seu calor.
Depois disso então caminhar firmemente, com forças redobradas e energia total pelo caminho escolhido. Nessas horas não temos dúvidas em escolher o caminho.
Sabemos que adiante o sol vai se por novamente e outra noite virá, e mais outra...
Mas respirando fundo essa energia cósmica deste momento PRESENTE, lembrando o que no PASSADO vivemos, teremos pique e fé para buscar o FUTURO.
É piegas? Pode ser, mas antes disso, é real!

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Amizade

A amizade nasce do compartilhar de um sorriso ou de um momento de dor.
A amizade se apoia nas qualidades que o amigo nos inspira.
A amizade se reforça nos momentos difíceis.
E resiste nas condições mais improváveis.
Mas sem o OLHAR, oxigênio de todas as relações, a amizade:
não nasce;
se nasceu, não se apoia;
se apoiou-se, não se reforça;
se tornou-se forte, não resiste.
Só podemos "ver" um amigo se "olharmos" para ele.Em todos os sentidos.
Nada é mais gratificante que olhar e ver um amigo!
Eliana

domingo, 10 de julho de 2011

Galeria do Blog Valença

Começa hoje no blog uma série chamada "Galeria do Blog Valença" que nasce da necessidade de compartilhar a arte que faço.Por muitos anos a autocrítica foi maior que a vontade de expor minha arte, mas com o passar do tempo essa relação foi mudando, Hoje tenho uma necessidade quase vital de compartilhar aquilo que produzo e que acho que tem algum valor plástico. Espero que gostem!
Título:Ressurreição
Técnica: mista sobre cartão
Dimensões: 40x60

quarta-feira, 6 de julho de 2011

A Arte de Presentear


"Um presente especialmente escolhido faz sua alma se sentir especial. Dedique um tempo para as dúvidas e ouça atenciosamente os interesses e paixões das pessoas. Além de adaptar cada presente à sua "cara". você descobrirá que seus relacionamentos crescem em qualidade e profundidade." ( Terapia de doação de si mesmo-Anne Calodich Fone)

sábado, 2 de julho de 2011

Tarô



"Enquanto as minhas plantas crescem, enquanto a Terra se movimenta e enquanto as frutas amadurecem, eu também broto, floresço e recebo."